Instituto de Oftalmologia de Assis | 18 de janeiro de 2023

Exame Ocular – Tomografia de Coerência Óptica (OCT)

Tomografia de Coerência Óptica (OCT)

A OCT é um dos exames completares mais importantes para quem tem alterações da visão, então se é o seu caso leia até o final que vai encontrar informações importantes.

A oftalmologia é uma especialidade fantástica, com exames complementares que nos ajudam muito nos diagnósticos e acompanhamento dos pacientes. Dispomos atualmente de exames modernos, com alta tecnologia, não invasivos, que geram imagens altamente precisas, facilitando o diagnóstico das doenças oftalmológicas. E um exemplo desse avanço é a Tomografia de Coerência Óptica (OCT).

Trata-se de um exame de imagem que produz imagens de corte seccional das estruturas oculares, com alta resolução e em três dimensões. Durante este exame, é possível observar as diferentes camadas de tecidos oculares. Podemos visualizar, por exemplo, a retina, o nervo óptico, a coroide e a córnea.

Outras vantagens deste exame é que permite capturar imagens mesmo com a pupila pouco dilatada e não há necessidade do uso de corante ou contraste. Ao contrário da tomografia realizada em clínicas de radiologia, a OCT não usa radiação, e por isso pode ser repetida quantas vezes for necessário pois não tem riscos.

A Tomografia de Coerência Óptica é um exame indolor, não invasivo, rápido e não há contato do aparelho com o olho do paciente.

Vale ressaltar que este exame é dificultado quando há opacidade significativa do meio, como no caso de catarata avançada ou hemorragia vítrea, que reduz a visualização e captação das imagens. Caso seja o seu caso, o médico vai te informar sobre essa limitação e quais alternativas para você.

Quais doenças a OCT diagnostica e acompanha? Dentre muitas doenças e condições, esse exame é indicado para a detecção e avaliação de progressão:

  • Retinopatia diabética;
  • Buraco de mácula;
  • Degeneração macular relacionada a idade;
  • Edema macular;
  • Distrofias retinianas;
  • Síndrome de tração vítreo-macular;
  • Membrana epirretiniana;
  • Glaucoma.

Como é feita a OCT:

É um exame que o paciente encosta o queixo e a testa no aparelho, e o paciente é orientado a olhar fixamente para um ponto de luz. O aparelho tira diversas fotos em poucos segundos, e essas imagens são compiladas para fazer o diagnóstico.

A OCT realmente revolucionou os métodos de diagnóstico e acompanhamento de nossos pacientes. É uma modalidade de exame que está em constante evolução e sendo aperfeiçoada cada vez mais, nos dando mais armas para cuidar da saúde ocular.

 

 

Você também pode gostar
Dra. Juliana participa de atualização em Retina e Vítreo
+
Dra. Juliana participa de atualização em Retina e Vítreo

Dra. Juliana Andrigheti Coronado Antunes, do Instituto de Oftalmologia de Assis – IOA, participou recentemente do 41˚ Congresso da Sociedade Brasileira de ...

25 de abril de 2016
XVIII Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa – ABCCR/BRASCR – 2018
+
XVIII Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa – ABCCR/BRASCR – 2018

Dr. Victor Antunes CRM-SP 108193 / RQE 69538 e Dr. Valcir Coronado Antunes CRM-SP 12599/ RQE 6238 do Instituto de Oftalmologia de Assis – IOA, está neste momento ...

16 de maio de 2018
Como se preparar para Cirugia Refrativa a Laser (LASIK)?
+
Como se preparar para Cirugia Refrativa a Laser (LASIK)?

Um guia de informações para o paciente se preparar para a cirurgia refrativa. Para se ter uma visão clara e nítida, os raios de luz devem incidir corretamente ...

29 de março de 2017