Instituto de Oftalmologia de Assis | 5 de junho de 2024

Junho Violeta: Mês de Conscientização e Prevenção do Ceratocone

Junho Violeta é uma campanha nacional dedicada à conscientização, prevenção e tratamento do Ceratocone, uma doença ocular que afeta a estrutura da córnea. Esta condição, se não tratada adequadamente, pode levar a sérios problemas de visão. A campanha visa educar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e das opções de tratamento disponíveis, promovendo a saúde ocular e a qualidade de vida.

O que é o Ceratocone?

O Ceratocone é uma doença ocular progressiva em que a córnea, normalmente redonda, afina e se projeta para fora em forma de cone. Isso causa distorção visual e pode levar à deterioração significativa da visão se não for tratado. O problema geralmente começa na adolescência e pode progredir até os 30 ou 40 anos.

 

Superfície da córnea em formato de cone.

 

Causas e Fatores de Risco

As causas exatas do Ceratocone ainda são desconhecidas, mas acredita-se que fatores genéticos, ambientais e biomecânicos desempenhem um papel importante. Os fatores de risco incluem:

  • Histórico familiar: Ter parentes próximos com Ceratocone aumenta as chances de desenvolver a doença.
  • Esfregar os olhos: Esfregar os olhos com frequência pode danificar a córnea e contribuir para a progressão do Ceratocone.
  • Condições médicas: Certas condições médicas, como alergias e síndromes genéticas, estão associadas ao Ceratocone.

Sintomas do Ceratocone

Os sintomas variam conforme a progressão da doença. Entre os mais comuns estão:

  • Visão borrada ou distorcida
  • Sensibilidade à luz (fotofobia)
  • Dificuldade em enxergar à noite
  • Mudanças frequentes na prescrição dos óculos ou lentes de contato

Diagnóstico

O diagnóstico precoce é fundamental para o manejo eficaz do Ceratocone. Os exames de rotina incluem:

  • Topografia da Córnea: Mapeia a superfície da córnea para detectar irregularidades.
  • Pachimetria: Mede a espessura da córnea.
  • Ceratometria: Avalia a curvatura da córnea.

Tratamento

Existem várias opções de tratamento disponíveis, dependendo do estágio e da severidade do Ceratocone:

  • Óculos e Lentes de Contato: Nos estágios iniciais, óculos e lentes de contato podem corrigir a visão.
  • Crosslinking do Colágeno Corneano (CXL): Este procedimento fortalece a córnea e pode impedir a progressão da doença.
  • Anéis Intracorneanos: Implantes que ajudam a aplanar a córnea e melhorar a visão.
  • Transplante de Córnea: Em casos avançados, pode ser necessário um transplante de córnea para restaurar a visão.

Importância da Conscientização

O Junho Violeta tem um papel crucial na disseminação de informações sobre o Ceratocone. A campanha incentiva a população a realizar exames oftalmológicos regulares e estar atenta aos sinais da doença. Além disso, promove a importância de evitar hábitos prejudiciais, como esfregar os olhos, que podem agravar a condição.

 

Você também pode gostar
Tuberculose Ocular: Um Olhar Sobre os Sintomas e Tratamentos
+
Tuberculose Ocular: Um Olhar Sobre os Sintomas e Tratamentos

A tuberculose é uma doença infecciosa conhecida por afetar principalmente os pulmões, mas o que muitos não sabem é que ela também pode se manifestar em outras ...

20 de setembro de 2023
Principais Sintomas da Perda de Visão por Diabetes
+
Principais Sintomas da Perda de Visão por Diabetes

A retinopatia diabética pode levar a baixa visual severa, principalmente em pacientes que não recebem tratamento ou que demoram a procurar atendimento. Um ...

6 de dezembro de 2022
Ceratocone: 6 hábitos que contribuem com a progressão da doença
+
Ceratocone: 6 hábitos que contribuem com a progressão da doença

Neste mês acontece a campanha junho violeta de combate ao ceratocone, doença degenerativa na córnea que responde por 7 em cada 10 transplantes de córnea no ...

14 de junho de 2023