Instituto de Oftalmologia de Assis | 8 de agosto de 2023

Lentes intraoculares fácicas: Quando são indicadas?

Lentes intraoculares fácicas são dispositivos implantáveis utilizados para corrigir erros de refração, como miopia, hipermetropia e astigmatismo, em pacientes que não são candidatos ideais para cirurgia de correção a laser (como a cirurgia LASIK) devido a diferentes fatores, como a espessura corneana inadequada, a magnitude da correção necessária ou condições oculares específicas.

Essas lentes são colocadas dentro do olho, mas ao contrário das lentes intraoculares convencionais usadas em cirurgias de catarata, as lentes fácicas não substituem a lente natural do olho. Em vez disso, elas são posicionadas entre a córnea e a lente natural do olho, ou na frente da íris.

 

 

As lentes intraoculares fácicas são indicadas em várias situações:

  1. Alta miopia ou hipermetropia: Pacientes com graus mais elevados de miopia ou hipermetropia que não podem ser adequadamente corrigidos com cirurgia a laser podem se beneficiar das lentes fácicas.
  2. Espessura corneana inadequada: Em alguns casos, a espessura da córnea pode ser insuficiente para a cirurgia a laser. As lentes fácicas evitam a necessidade de remover tecido da córnea.
  3. Astigmatismo significativo: Pacientes com astigmatismo substancial que não podem ser totalmente corrigidos com cirurgia a laser podem optar por lentes fácicas.
  4. Pacientes jovens: Lentes fácicas podem ser uma opção para pacientes mais jovens que ainda podem experimentar mudanças na refração ocular.
  5. Condições oculares específicas: Em alguns casos, como em pacientes com ceratocone, uma condição que enfraquece a córnea e altera sua forma, lentes fácicas podem ser uma escolha melhor do que a cirurgia a laser.
  6. Pacientes com pupilas grandes: Algumas lentes fácicas podem ser especialmente benéficas para pacientes com pupilas maiores, reduzindo os efeitos indesejados de halos e brilhos à noite.

É importante lembrar que a decisão de usar lentes intraoculares fácicas deve ser feita após uma avaliação completa por um oftalmologista especializado, que avaliará a saúde ocular do paciente, suas necessidades visuais, a estabilidade da refração e outras considerações individuais. Cada paciente é único, e a escolha entre lentes fácicas e outras opções de correção visual deve ser feita com base em uma análise completa das circunstâncias individuais.

Você também pode gostar
O Que Você Precisa Saber Sobre a Cirurgia Refrativa LASIK e PRK
+
O Que Você Precisa Saber Sobre a Cirurgia Refrativa LASIK e PRK

O que é Cirurgia Refrativa a Laser LASIK e PRK? É o procedimento que tem como objetivo corrigir erros refrativos (miopia, hipermetropia, astigmatismo e ...

7 de fevereiro de 2017
Especialista em Miopia em São Paulo
+
Especialista em Miopia em São Paulo

Você quer saber mais sobre especialista em Miopia em São Paulo? Então fique conosco, vamos contar um pouco mais! Confira a seguir! Para começar, você sabe o ...

9 de maio de 2016
Vista cansada: um desafio comum após os 40 anos
+
Vista cansada: um desafio comum após os 40 anos

Você já ouviu falar da vista cansada? Se você está na faixa dos 40 anos ou mais, provavelmente já teve algum contato com essa condição ocular. A vista ...

4 de julho de 2023