Instituto de Oftalmologia de Assis | 24 de novembro de 2016

Lentes intraoculares na Cirurgia de Catarata

Catarata: O que é e qual o tratamento mais moderno?

A catarata é a opacificação do cristalino, a lente natural do olho, associada ao processo natural do envelhecimento. Essa lente, localizada atrás da íris, funciona como a lente de uma câmera fotográfica – foca imagens na retina, as quais são enviadas para o cérebro. Essa opacificação dispersa e desfoca a luz, comprometendo progressivamente a qualidade da visão.

A forma de tratá-la é por meio de uma cirurgia para substituir o cristalino por uma lente de alta tecnologia, que restaurará a sua visão e melhorará significamente sua qualidade de vida. Essa nova lente é chamada de lente intraocular.

Antigamente, a cirurgia de catarata tinha o objetivo apenas de restaurar a visão funcional dos pacientes. Hoje em dia, com o novo conceito de cirurgia de catarata refrativa, busca-se corrigir não só a catarata, mas também os erros refrativos (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia), que afetam a qualidade de visão. Através do uso de lentes intraoculares modernas, de tecnologia avançada, é possível eliminar ou diminuir a dependência de óculos ou lentes de contato para todas as distâncias.

Lentes Intraoculares (LIOs)

Uma lente intraocular (LIO) é uma lente artificial implantada para substituir o cristalino dos olhos que precisa ser removido assim que começar a se tornar turvo. A principal tarefa da LIO é focalizar a luz na parte de trás do olho (ou retina), assim como um olho saudável e natural faria.

A partir daí, os raios de luz são convertidos em impulsos elétricos que viajam para o cérebro, onde são então convertidos em imagens. Se a luz não for concentrada da maneira certa na retina, o cérebro não consegue processar as imagens corretamente.

Como são as LIOs?

São constituídas de uma porção central corretiva e redonda com dois braços, ou hápticos, para se manterem fixas ao olho — contudo, tirando essas características compartilhadas, as LIOs modernas podem variar bastante no design, sendo feitas de plástico, silicone ou acrílico.

A maioria das LIOs de hoje tem aproximadamente 0,5 cm de diâmetro e são macias o suficiente para serem dobradas e colocadas no olho através de uma incisão muito pequena.

Tipos de LIOs

O tipo mais comum de LIO é chamado de lente da câmara posterior, o que significa que ela é posicionada atrás da íris dentro da cápsula onde o cristalino natural costumava estar.

As LIOs multifocais, ou as LIOs de tecnologia avançada, são o mais recente tipo de lente que proporciona vários pontos focais e reduz ou elimina a necessidade de óculos ou lentes de contato após a cirurgia de catarata. Isso é possível por meio de óptica altamente especializada que divide a luz de forma otimizada e a concentra em mais de um ponto focal para fornecer uma visão funcional de perto, intermediária e longe.

A monovisão é uma técnica que o cirurgião pode optar em realizar, que envolve a inserção de uma LIO em um olho para a visão de perto, e outra LIO no outro olho para a visão de longe. Essa técnica requer adaptação, já que cada olho será, então, orientado para necessidades diferentes.

As LIOs acomodativas são consideradas monofocais, significando que têm um ponto focal fixo. Esse tipo de lente é projetada para se mover conforme seu próprio músculo ocular, o que se traduz na habilidade de enxergar vários pontos focais.

Lente Monofocal

Imagem de qualidade para uma visão cheia de detalhes: além da catarata, trata também as aberrações esféricas que aparecem naturalmente com o passar dos anos.

Lente Monofocal Tórica

Indicada para quem, além da catarata, possui astigmatismo: correção em um único procedimento.

Redução da dependência de óculos para visão a distância: 97% das pessoas que escolheram essa lente afirmam não usar mais óculos para longe “em nenhum momento”.

Lentes Multifocais

Maior dependência dos óculos, com visão para qualquer distância.

Lente Multifocal

Além da catarata, permite a correção adicional no mesmo procedimento da:

  • Miopia e hipermetropia;
  • Astigmatismo;
  • Presbiopia (“vista cansada”).

Uma pequena incisão também exclui a necessidade de suturas, proporcionando períodos mais rápidos de recuperação e uma visão mais jovem.

Com a LIO Multifocal, os pacientes com catarata e presbiopia podem ter as duas condições corrigidas ao mesmo tempo, eliminando a necessidade de óculos após a cirurgia na maioria dos pacientes.

Lente Multifocal Tórica

Para pacientes de catarata com astigmatismo, agora é possível combinar os benefícios de uma visão ampla com a correção do astigmatismo.

Em outras palavras, é uma lente com vários pontos focais projetada para corrigir catarata e astigmatismo corneano, fornecendo uma ampla faixa de visão — de perto, de longe e à meia-distância — enquanto oferece maior qualidade de imagem. O resultado? Uma chance ainda maior de independência dos óculos de leitura ou lentes de contato.

Lentes Trifocais

É indicada para pacientes adultos com e sem presbiopia submetidos a cirurgia de catarata que querem uma visão de perto, de longe e distâncias intermediárias com maior independência dos óculos.

Lente Trifocal

A LIO AcrySof IQ PanOptix® da Alcon, possui a exclusiva tecnologia Óptica ENLIGHTEN (Energia de Luz Aprimorada) para simular o desempenho de um cristalino saudável.

  • Alta utilização e aproveitamento da luz para uma LIO multifocal.

Transmite 88% da luz em uma pupila de 3 mm para proporcionar uma visão nítida e de qualidade em todas as distâncias.

  • Projetada para proporcionar uma faixa de visão de perto à distância intermediária mais confortável.

Proporciona um ponto focal intermediário em uma distância mais confortável e natural de 60 cm, que é a preferida para as tarefas diárias, como trabalho no computador, quando comparada à distância de 80 cm oferecida por outras lentes trifocais.

  • Menor dependência ao tamanho da pupila.

Zona difrativa de 4,5 mm projetada para oferecer excelente desempenho em todas as condições de iluminação em todas as distâncias.

O filtro de luz azul

Assim como o cristalino do olho humano, as lentes de tecnologia avançada são amarelas e oferecem proteção com filtro ultravioleta (UV), já que a luz do sol é suspeita de ser uma contribuidora para catarata ao danificar a retina. Os filtros protegem os seus olhos de toda a luz azul de alta energia, que inclui não somente os danosos raios solares, como também a luz artificial, como as lâmpadas fluorescentes, computadores, celulares, tablets etc.

Você também pode gostar
37º Congresso da ESCRS – 2019
+
37º Congresso da ESCRS – 2019

Durante os dias 14 – 18 de setembro de 2019, aconteceu o 37º Congresso da ESCRS (Sociedade Europeia de Catarata e Cirurgia Refrativa), em Paris, na ...

18 de setembro de 2019
Saiba como identificar problemas de visão e corrigi-los na infância
+
Saiba como identificar problemas de visão e corrigi-los na infância

Problemas de visão costumam ser diagnosticados na idade escolar, quando a criança tem dificuldades para fazer atividades ou acompanhar as aulas. No entanto, é ...

30 de abril de 2019
Liberdade dos Óculos nas Férias
+
Liberdade dos Óculos nas Férias

  O uso de óculos de grau e lentes de contato, por mais que tragam imensa melhoria na acuidade visual dos pacientes, podem ser impeditivos para a realização ...

15 de julho de 2019