Instituto de Oftalmologia de Assis | 6 de setembro de 2022

Meu Grau Pode Voltar após uma Cirurgia Refrativa?

Quem usa óculos de grau ou lentes de contato por muito tempo passa por algumas situações chatas ou estressantes no dia a dia: perder os óculos justamente quando está atrasado para um compromisso, assistir filme de óculos e deitado pode ser um grande desconforto, esquecer de tirar as lentes para dormir ou tomar banho, entre outros casos.

Para quem cogita a cirurgia refrativa para se livrar desses problemas, o principal receio costuma ser quanto a durabilidade e efetividade da cirurgia. Será que o grau pode retornar? Confira!

 

A cirurgia refrativa

As cirurgias de correção a laser estão ficando cada vez mais comuns na rotina dos consultórios oftalmológicos. Apesar de todo procedimento cirúrgico ter riscos, no caso da cirurgia a laser, o grau de complicação é extremamente baixo, porque os modernos equipamentos de laser tem recursos tecnológicos que o tornam um dos mais seguros e precisos da atualidade.

Quanto à sua eficácia, a cirurgia refrativa a laser é um método que pode acabar definitivamente com o inconveniente de utilizar óculos de grau ou lentes de contato. O procedimento pode corrigir até 12 graus de miopia, 4 de astigmatismo e 6 de hipermetropia. O índice de sucesso ultrapassa 90%, quando as pessoas que se submetem ao laser não precisam recorrer à outra técnica corretiva.

 

Quem pode fazer a cirurgia refrativa?

Para realizar o procedimento é necessário buscar um médico especializado, que tenha experiência na realização da cirurgia, e realizar todos os exames solicitados pelo especialista. O paciente que será submetido à cirurgia deve ser maior de 18 anos, pois é a partir dessa idade que o paciente é considerado adulto.

Já algumas pessoas não podem se submeter a cirurgia refrativa. Conheça alguns casos onde o procedimento é incompatível e não pode ser realizado:

  • Pacientes diagnosticados com ceratocone: doença degenerativa no olho, que altera a estrutura da córnea, tornando-a mais fina e a modificando para um formato mais cônico que o normal.
  • Diabetes:  indivíduos com diabetes também podem apresentar dificuldades na cicatrização pós-cirúrgica.
  • Pacientes com catarata: pacientes em qualquer estágio da doença não devem fazer a correção do grau com laser, uma vez que, para essa disfunção, já há um tratamento específico e mais efetivo.
  • Glaucoma: não é indicado o procedimento, pois a incidência do laser pode modificar a curvatura da córnea.
  • Doenças Auto-imune (reumatismos); se não compensados, pode causar uma inflamação no olho conhecida com uveíte.
  • Herpes Ocular: não podem ser operados por conta da agressão do laser e do uso de corticosteroides no pós-operatório, que acabam por agravar as chances de reincidência do quadro.

 

Grau residual pós-cirúrgico

Apesar da alta taxa de sucesso das cirurgias corretivas, 3% dos pacientes podem não ter uma correção completa e não alcançar o objetivo de ter uma visão totalmente perfeita.

As chances de precisar utilizar novamente os óculos de grau ou as lentes de contato após a cirurgia refrativa são bem pequenas e, caso haja um grau residual é possível discutir uma nova intervenção. Em alguns casos, é possível realizar uma segunda cirurgia, onde o profissional irá realizar os ajustes. O mais importante é saber que a técnica é eficaz e segura,  podendo trazer ao paciente uma nova forma de ver o mundo.

Para saber se você pode realizar a cirurgia corretiva ou outro procedimento relacionado à saúde ocular, agende sua consulta conosco e obtenha orientação especializada de um oftalmologista.

Você também pode gostar
Caso Desafiador Apresentado na ASCRS 2024 pelo fellow Dr. Victor Sano do IOA
+
Caso Desafiador Apresentado na ASCRS 2024 pelo fellow Dr. Victor Sano do IOA

No recente Congresso Internacional da Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa (ASCRS) de 2024, realizado em Boston, EUA, um caso emblemático foi ...

10 de abril de 2024
Dr. Victor A. C. Antunes ministra palestra no XXII Congresso Norte e Nordeste de Oftalmologia em Maceió
+
Dr. Victor A. C. Antunes ministra palestra no XXII Congresso Norte e Nordeste de Oftalmologia em Maceió

Dr. Victor Antunes, do Instituto de Oftalmologia de Assis – IOA, participou do XXII Congresso Norte e Nordeste de Oftalmologia em Maceió-AL, realizado nos ...

14 de março de 2016
O Avanço da Medicina Oftalmológica para Correção Refrativa
+
O Avanço da Medicina Oftalmológica para Correção Refrativa

No passado, problemas oculares eram vistos como um obstáculo. Afinal, pessoas que utilizavam óculos eram rotuladas com apelidos muitas vezes constrangedores. Com ...

27 de setembro de 2022