Instituto de Oftalmologia de Assis | 22 de outubro de 2015

Transplante de Córnea Endotelial DMEK DSAEK

O que é córnea? 

A córnea é um tecido transparente que fica na parte frontal do olho. Além de fina, a córnea também é um tecido resistente e por isto uma de suas funções é proteger a parte da frente do olho de agentes externos.

Quais os tipos de transplante de córnea?

Existem basicamente três tipos de transplantes de córnea, sendo eles o transplante de córnea penetrante, transplante de córnea lamelar anterior e o transplante de córnea endotelial que são especialidades do IOA.

O que é o transplante de córnea endotelial?

O transplante de córnea endotelial é uma cirurgia de substituição de uma camada da córnea doente por outra saudável. O diferencial é que nesta técnica não é trocada a córnea inteira, apenas a parte interna e portanto apresenta um tempo de recuperação muito melhor que o transplante tradicional. É confeccionada uma lamela na profundidade 80-90% (DSAEK) ou retirando da córnea doadora apenas a membrana de Descemet e Endotélio (DMEK). Em ambos os casos a córnea é colocada no olho através de uma incisão mínima e dispensando a necessidade de suturas.

Como é o pré-operatório do transplante de córnea endotelial?

O pré-operatório é composto de consultas com seu médico que deverá indicar os exames a serem realizados conforme a necessidade. Em relação à preparação para a cirurgia deve-se estar em jejum de no mínimo de 8 horas para o horário que antecede a mesma.

O transplante de córnea dói? É preciso anestesia para fazer o transplante de córnea endotelial?

Geralmente o transplante é feito com anestesia local e por isso não há dor. Caso julgue necessário o médico poderá solicitar a anestesia geral.

Qual a duração do transplante de córnea endotelial?

A duração do transplante de córnea endotelial varia de 40 a 120 minutos.

Quanto tempo de repouso é preciso no transplante de córnea endotelial?

É recomendado que após o transplante o paciente permaneça no hospital apenas algumas horas para acompanhamento. Além disso indica-se repousar com os olhos fechados durante todo o primeiro dia.

Como é o pós-operatório do transplante de córnea endotelial?

O pós-operatório do transplante de córnea endotelial é feito com o uso de colírios que devem ser utilizados conforme a prescrição do médico. Além disso, deve-se evitar fazer esforço físico ou esfregar os olhos. Recomenda-se utilizar óculos de sol.

Como é o tempo de recuperação no transplante de córnea endotelial?

O tempo de recuperação do transplante de córnea endotelial é de 1 a 3 meses. Muito menor se comparado com as técnicas tradicionais que levam 12 meses ou mais.

É seguro fazer o transplante de córnea endotelial?

Sim, o IOA conta com profissionais qualificados, experientes e com equipamentos avançados. Todos estes fatores trabalham em conjunto para oferecer os transplantes da forma mais segura possível.

O transplante de córnea funciona realmente?

Sim, o transplante de córnea funciona e graças às técnicas modernas, profissionais qualificados e aparelhos avançados temos tido grande sucesso.

Onde fazer o transplante de córnea?

O transplante de córnea pode ser feito na IOA – Instituto Oftalmológico de Assis.

Endereço
Rua Mauá, 91/105 Assis – SP CEP: 19806-010 Brasil

Funcionamento
De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

Você também pode gostar
Muita Exposição às “Telas” Pode Causar Danos à Visão das Crianças
+
Muita Exposição às “Telas” Pode Causar Danos à Visão das Crianças

Em frente às telas dos computadores e da televisão, as crianças se distraem e passam horas, principalmente se estiveram jogando videogame ou assistindo a ...

21 de janeiro de 2019
Miopia tem cura?
+
Miopia tem cura?

A cirurgia refrativa é uma opção para corrigir casos refrativos, como a miopia, oferecendo uma melhoria na qualidade de vida e a liberdade de depender de óculos ...

20 de junho de 2023
1° Simpósio Eye UpDate
+
1° Simpósio Eye UpDate

Eye UpDate Aconteceu no dia 15 de agosto de 2015, na cidade de Assis, o 1° Simpósio Eye UpDate. Com o intuito de reunir os oftalmologistas da Região Oeste ...

18 de agosto de 2015