Instituto de Oftalmologia de Assis | 20 de setembro de 2023

Tuberculose Ocular: Um Olhar Sobre os Sintomas e Tratamentos

A tuberculose é uma doença infecciosa conhecida por afetar principalmente os pulmões, mas o que muitos não sabem é que ela também pode se manifestar em outras partes do corpo, incluindo os olhos. A tuberculose ocular, embora rara, é uma condição séria que pode levar a problemas de visão se não for tratada adequadamente. Neste artigo, vamos explorar os sintomas da tuberculose ocular e as opções de tratamento disponíveis.

 

Sintomas da Tuberculose Ocular

A tuberculose ocular pode afetar várias partes dos olhos, incluindo a conjuntiva, a córnea, a úvea, a retina e o nervo óptico. Os sintomas podem variar dependendo de qual parte do olho está sendo afetada, mas alguns dos sinais mais comuns da tuberculose ocular incluem:

  1. Vermelhidão ocular persistente: Olhos vermelhos que não melhoram com o tempo.
  2. Dor nos olhos: Dor intensa, sensação de corpo estranho ou desconforto nos olhos.
  3. Fotofobia: Sensibilidade à luz, com dificuldade em ficar em ambientes claros.
  4. Visão turva: Perda gradual da acuidade visual ou visão embaçada.
  5. Secreção ocular: Produção de secreção ocular anormal, como pus.
  6. Inchaço das pálpebras: Inchaço ou inchaço nas pálpebras.
  7. Alterações na cor do olho: Alterações na cor da íris, como um anel amarelado ao redor da pupila (sinal de tuberculose ocular específica chamada de “Anel de Busacca”).
  8. Glaucoma: A tuberculose ocular pode levar ao aumento da pressão intraocular, causando glaucoma.

 

Diagnóstico e Tratamento

Se você suspeitar de tuberculose ocular devido a sintomas persistentes, é crucial procurar atendimento médico especializado em oftalmologia. O diagnóstico da tuberculose ocular geralmente envolve uma série de testes, incluindo exames oculares detalhados, cultura de secreções oculares e, ocasionalmente, exames de imagem, como tomografia computadorizada.

O tratamento da tuberculose ocular geralmente envolve o uso de medicamentos antituberculosos, como a rifampicina e a isoniazida, juntamente com outros medicamentos apropriados para controlar a inflamação ocular. O tratamento pode ser prolongado e requer acompanhamento constante por um oftalmologista.

Em casos graves que não respondem ao tratamento medicamentoso, procedimentos cirúrgicos podem ser necessários para controlar a infecção e preservar a visão.

 

Prevenção e Conclusão

A prevenção da tuberculose ocular é principalmente baseada em medidas gerais de prevenção da tuberculose, como vacinação e evitar a exposição a pessoas infectadas. É importante lembrar que a tuberculose ocular é uma condição rara, mas sua detecção precoce e tratamento adequado são fundamentais para prevenir complicações graves.

Em resumo, a tuberculose ocular é uma condição séria que pode afetar os olhos, levando a sintomas como vermelhidão, dor e visão turva. Se você suspeitar dessa condição, consulte um oftalmologista o mais rápido possível para diagnóstico e tratamento adequados. Com cuidados médicos apropriados, é possível controlar a tuberculose ocular e preservar a saúde dos seus olhos.

Você também pode gostar
Cuidando dos Olhos em Climas Instáveis
+
Cuidando dos Olhos em Climas Instáveis

Nossa saúde ocular merece atenção especial em climas imprevisíveis. Com calor escaldante, ventos fortes, poeira e oscilações de temperatura, nossos olhos ...

28 de setembro de 2023
XVII Congresso da Sociedade Caipira de Oftalmologia em Ribeirão Preto
+
XVII Congresso da Sociedade Caipira de Oftalmologia em Ribeirão Preto

Dr. Victor Antunes, do Instituto de Oftalmologia de Assis – IOA, participa nos dias 29 e 30 de junho do XVII Congresso da Sociedade Caipira de Oftalmologia em ...

29 de junho de 2017